Close

O que é?

Objecto de estudo

A quiroprática é uma profissão de saúde que se ocupa de estudar o funcionamento da coluna vertebral e o seu efeito na comunicação entre o sistema nervoso central (cérebro e medula espinal) e o sistema nervoso periférico (nervos sensitivos, motores e mistos). 

O que trata a Quiroprática?

O objetivo do quiroprático é detetar e eliminar a subluxação vertebral, um fenómeno comum que frequentemente provoca sintomas do foro neurológico. Os pacientes que procuram a quiroprática fazem-no principalmente por problemas de saúde relacionados com a coluna vertebral. Também há uma camada de pacientes que procuram a quiroprática para dar resposta a outros problemas de saúde como dores de cabeça ou dormência nos membros. Há ainda outros pacientes que procuram a quiroprática para a utilizar de forma a prevenir ou minimizar os seus problemas de saúde.

Que formação tem um quiroprático?

A formação em quiroprática é realizada unicamente em faculdades que estão acreditadas para o fazer, pelo Council on Chiropractic Education International. O tempo de formação é de 5 anos académicos (10 semestres – 4700 horas), onde muitas disciplinas são iguais às da formação médica. As faculdades de quiroprática geralmente exigem que os candidatos possuam um grau académico de nível superior (ex: Licenciatura) para se candidatarem ao curso. O grau académico atribuído no sistema de Bolonha é de Mestrado.

A quiroprática é segura?

A quiroprática é segura e deve ser utilizada desde cedo para evitar problemas de saúde ao longo da vida. Por ser segura, à quiroprática recorrem todas as faixas etárias (adultos, adolescentes, idosos e até bebés).  No caso dos recém-nascidos, os pais dos mesmos devem recorrer ao quiroprático logo depois do primeiro grande trauma físico dos bebés, o parto.

A quiroprática é uma das profissões de saúde mais seguras. Devido ao facto dos quiropráticos terem uma formação académica e clínica muito exigente, não existem contraindicações absolutas ao ajustamento quiroprático. Só em casos de portadores de determinadas doenças é que poderá haver contraindicações relativas.

O que é a Associação Portuguesa dos Quiropráticos?

Foi a primeira e é a única Associação nacional que representa a profissão e os seus profissionais, mas também age em defesa dos utentes. A APQ é associada da Federação Mundial da Quiroprática (World Federation of Chiropractic), que colabora estreitamente com a Organização Mundial de Saúde (OMS). A APQ tem a capacidade para informar se um quiroprático está devidamente qualificado.

Primeira consulta

O que devo levar a 1ª consulta?

Deve-se acompanhar dos seus exames complementares de diagnóstico, de uma lista dos medicamentos que está a tomar, ou de qualquer outro elemento que achar pertinente.

Que devo esperar na 1ª consulta?

Na primeira consulta será clinicamente avaliado, diagnosticado e devidamente informado do prognóstico inicial. Habitualmente o tratamento é iniciado na primeira consulta. Se o diagnóstico estiver fora do âmbito da quiroprática, será aconselhado a que especialidade deve recorrer.

Formação Académica e Clínica

Quem é quiroprático?

Um quiroprático é um profissional de saúde formado numa faculdade ou universidade quiroprática que tem um programa académico e clínico acreditado pelo Council on Chiropractic Education International.

Que formação tem um quiroprático?

A formação em Quiroprática é realizada unicamente em faculdades que estão acreditadas para o fazer pelo Council on Chiropractic Education International. O tempo de formação é de 5 anos académicos (10 semestres – 4700 horas), onde muitas disciplinas são iguais á da formação médica. As faculdades de quiroprática geralmente exigem que os candidatos possuam um grau académico de nível superior (ex: Licenciatura) para se candidatarem ao curso. O grau académico atribuído no sistema de Bolonha é de Mestrado.

A quiroprática é reconhecida?

A Quiroprática em Portugal é reconhecida através da Lei desde 2003, e foi recentemente regulamentada. A Associação Portuguesa dos Quiropráticos é a única associação que representa a profissão e os profissionais que exercem em território nacional e intervém enquanto órgão representativo da classe junto dos órgãos governativos.